Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
22/09/20 às 11h54 - Atualizado em 24/09/20 às 14h06

Cerimônia premia vencedores do 1° Concurso Fotográfico Inclusivo do Distrito Federal

COMPARTILHAR

Candidatos à premiação enviaram fotos abordando o tema “Inclusão, Acessibilidade e Cidadania da Pessoa com Deficiência”

 

O público conheceu, nesta segunda-feira (21), os vencedores do 1° Concurso Fotográfico Inclusivo do Distrito Federal. O anúncio foi feito através de uma transmissão online na fanpage do Governo do Distrito Federal, compartilhada pela Secretaria da Pessoa com Deficiência do DF.

 

Os candidatos ao prêmio tinham uma tarefa simples: tirar uma foto, usando aparelho celular, abordando o tema “Inclusão, Acessibilidade e Cidadania da Pessoa com Deficiência”. Câmeras fotográficas profissionais não eram permitidas no decorrer do concurso, possibilitando a participação de todas as pessoas.

 

Uma comissão julgadora avaliou, de acordo com alguns critérios, quais eram as fotos que atendiam às exigências do edital.

 

O primeiro colocado foi Rafael Matsutacke. A imagem “Qual a Distância de Um Abraço” foi a mais bem avaliada pela equipe de jurados e foi premiada com o valor de R$ 1.500,00. A segunda e terceira colocadas foram Gislene Batista e Erika Conceição. Elas receberam os prêmios de R$ 1.000,00 e de R$ 500,00, respectivamente.

 

O vencedor do concurso definiu o resultado como “o reconhecimento do trabalho a todo o trabalho de muito tempo de pesquisa e dedicação”. “É o trabalho da valorização da pessoa com deficiência nas artes e em vários outros espaços, como no teatro e dança”, ressalta Rafael.

 

Dia de Luta da Pessoa com Deficiência

 

O concurso aconteceu em comemoração ao Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência. Durante a solenidade, o governador Ibaneis Rocha destacou a data e a importância de uma pasta, dentro da estrutura do GDF, especializada na pessoa com deficiência.

 

“Nós queremos transformar, ao longo desse mandato, e deixar uma ideia para o futuro de que jamais vai se poder conviver, dentro do governo, sem uma Secretaria de apoio e de trabalho para as pessoas com deficiência”, destaca.

 

No último dia 11, a Secretaria da Pessoa com Deficiência completou um ano de existência. A passagem foi lembrada pela secretária Rosinha da Adefal. A gestora destacou algumas conquistas, como o Estatuto da Pessoa com Deficiência e lembrou de uma das entregas, que foi a Central de Libras.

 

“A Central de Interpretação de Libras estruturada, com ampliação de atendimento. Fechamos o último mês com mais de 500 atendimentos”, anunciou. Ela também ressaltou que os trabalhos da pasta acontecem em meio a um período de pandemia. “Tantos obstáculos enfrentamos para chegar ao dia de hoje e Deus realmente cuidando de todos nós”, disse Rosinha.

 

O deputado distrital Iolando Almeida também compareceu à cerimônia de premiação. Ele relembrou que a criação da pasta era uma demanda de vários anos e o pedido foi feito em várias gestões.

 

“Era um sonho de muitos e muitos anos e a gente sempre via as expectativas sendo frustradas”, contou. “Quando passei para o governador Ibaneis a necessidade de criarmos uma Secretaria tão importante quanto o a Secretaria da Pessoa com Deficiência, ele não exitou e não mediu esforços para que essa Secretaria fosse criada”, emenda o parlamentar.

 

Classificação

 

Veja abaixo as três imagens premiadas no 1° Concurso Fotográfico Inclusivo do Distrito Federal:

 

1. Qual a Distância de Um Abraço – Rafael Augusto Tursi Matsutacke

 

Qual a distância de um abraço – Foto: Rafael Tursi

 

2. Cidadania e Superação no Esporte – Gislene Vidal Batista

 

Cidadania e Superação no
Esporte. Foto: Gislene Vidal Batista

 

3. Click – Erika Guedes da Conceição

 

Click. Foto: Erika Guedes da Conceição

 

Clique aqui para conferir a classificação completa

 

Por Higor Viana